Desde o dia 3 de agosto corrente, está em vigor relaxamento das restrições de entrada para companheiros(as) de pessoas residentes na Suíça. Os interessados em fazer uso da autorização especial de ingresso deverão comprovar que a relação já dura algum tempo. Para comprovar a relação, podem ser utilizados os seguintes documentos: (i) carta-convite da parte residente na Suíça; (ii) confirmação da existência da relação, assinada por ambos os parceiros; (iii) documentos particulares (como troca de mensagens, fotografias e passagens aéreas); e (iv) comprovação de ao menos um encontro presencial antes da pandemia de Covid-19.

A medida é válida para nacionais de todos os países, mas pessoas provenientes de regiões consideradas de alto risco (entre as quais o Brasil) seguem obrigadas a respeitar quarentena de 10 dias ao ingressar na Suíça. Para os nacionais de Estados dos quais não se exige visto prévio (como é o caso do Brasil), há a opção de emissão de “certificado de entrada” pelas representações consulares da Suíça no exterior. Recomenda-se, ainda, sempre que possível, a escolha de voos diretos, em razão da diversidade das restrições migratórias vigentes nos demais países do espaço Schengen.

Fonte: http://zurique.itamaraty.gov.br/pt-br/News.xml

Para mais informações, clique na página a seguir: https://www.admin.ch/gov/en/start/documentation/media-releases.msg-id-79949.html.