Por : Isa Felder

Quebrando clichês e tabus, empreendedoras brasileiras de toda Suíça se reúnem durante a pandemia e criam um livro com intuito de empoderar as mulheres, que lutam por um mundo mais igualitário e com mais oportunidades de liderança para o chamado « sexo frágil ».

A idealizadora do projeto, a ativista e escritora suíço-brasileira Lúcia Aeberhardt, contatou a biógrafa e jornalista Claudia Canto para juntas imortalizarem a história de 25 mulheres empresárias brasileiras na Suíça. A ideia é registrar a vida de cada uma delas e mostrar aos leitores a capacidade que cada uma dessas empreendedoras teve de se reinventar, adaptar, superar os obstáculos e conquistar um local de destaque na sociedade helvética.

A notoriedade alcançada por cada uma delas foi mais que merecida, pois além de serem estrangeiras, são mulheres. E embora o mundo tenha evoluído, percebemos que o ambiente de trabalho ainda é concebido para uma realidade predominantemente masculina. Dentre os diversos obstáculos enfrentados pelo sexo feminino, o SEBRAE destaca: preconceito, dupla jornada de trabalho e menor remuneração salarial. O relatório « Women in Business 2020 » aponta que, atualmente, as mulheres ocupam apenas 29% dos cargos de liderança em empresas de todo o mundo.

São justamente mulheres visionárias e guerreiras, como Lúcia e Claudia, que estão tentando reverter este quadro. As escritoras buscam mostrar que as mulheres, desde a proprietária de um pequeno salão de beleza até a que conseguiu levantar seu império, são dignas de respeito e merecem ganhar tanto quanto o seu colega de trabalho. As empreendedoras retratadas no livro apresentam ideias tão ou mais visionárias que os seus colegas de trabalho e demonstram muita garra, disposição e motivação. E tudo isso num ambiente multitarefas. De acordo com o « Instituto Rede Mulher Empreendedora » no Brasil, 59% das empreendedoras são casadas, 52% delas têm filhos e investem 24% mais tempo à casa e aos filhos do que os homens.

Portanto, para homenagear e imortalizar essas e outras empreendedoras brasileiras pelo mundo afora, Lúcia Aeberhardt e Claudia Canto irão publicar 3 séries. 1ª: EMPREENDEDORAS BRASILEIRAS DE SUCESSO NA SUIÇA. 2ª: EMPREENDEDORAS BRASILEIRAS DE SUCESSO NA EUROPA e o 3ª : EMPREENDEDORAS DE SUCESSO NO MUNDO. Todas as edições serão em português e inglês.

Lúcia é uma celebridade dentro da comunidade de língua portuguesa. Há 20 anos fundou a ONG Madalena’s, que atua tanto no Brasil quanto na Suíça. A missão desta instituição é prevenir e informar as pessoas sobre o abuso sexual de menores, o tráfico de seres humanos, a violência doméstica e o combate a todas as formas de discriminações. Além disso, a ONG promove eventos e palestras para divulgar a cultura brasileira e empoderar as mulheres. Nesse sentido, Lúcia Aeberhardt e a biógrafa Claudia Canto dão oportunidade para qualquer mulher empreendedora brasileira participar do projeto « Empreendedoras de Sucesso ». E para saber como sua história pode ser eternizada em algum destes livros, entre em contato através do Instagram @madalenas_suica_brasil. Faça parte desta união de tantas mulheres que brilham no mundo. Deixe que todos conheçam as suas vitórias.